quinta-feira, 17 de maio de 2018

Sobre Validações... e atitude comportamental numa organização


todos sabemos, a maioria dos diretores, reúne-se para discutir com os seus pares, outros diretores da zona, para perceber se estão a fazer (o) bem... ou para estudarem estratégias para as suas carreiras de docentes! Não (somente) de... diretor... de uma escola!

Depois aparecem nos serviços e pergunta ou vai espiar, a saber como é que se encontra a proceder no local que dirige! Fala de peito envolvido de penas... quando interpelado, percebe duas coisas... que não está dentro de todos os meandros da coisa, como percebe que os serviços realizam a tarefa de determinada forma, por motivo não esperado e/ou porque nunca lhes foi instruído outro método de trabalho!

Quando sugerido sobre a possibilidade de reunir com os colegas desses tais agrupamentos , com Diretores elegidos sabedores do direito... da coisa deles, não é permitido em contexto laboral, um ajuntamento, porque isso pode criar rebelião...

Falte-lhes, a alguns, atitude comportamental em ambiente de trabalho!!! Ambiente doméstico é lá em casa... que pode rosnar à vontade.

e mais não digo, de momento.

Temos diretores que pensam e agem como se tivessem sido abençoados por um direito divinal na questão comportamental... Temos o direito a um trato, tão especial como o cão lá de casa, Sr.

São deploráveis os relatos que me chegam...



temos confiança, bons princípios, mas os que usam a senha da plataforma do SIGRHE, por indicação, leia-se,  ordem, intimidação, ameaça ou por favor ao Sr. Diretor, para realizar trabalho que lhe é adstrito, para este ter tempo disponível para estar presente em reuniões com outros Diretores... usamos com as melhores das intenções e com os poucos conhecimentos e instruções que se encontram lavradas sobre da matéria.

Se a candidatura foi invalidada, não se esqueçam que era vossa obrigação, pelo menos!!! no momento da submissão, verificarem os processos e plataforma, juntamente com os serviços! É o mínimo que se exige! 

Se não concordarem, podem junto do MEC, declarar que não querem essa tarefa e passa a mesma a ser de responsabilidade do chefe de serviços.

Não precisamos de relembrar que as senhas devem ser por algum motivo, de carácter pessoal e intransmissível.

Post patrocinado.


Sem comentários:

Enviar um comentário


Agradeço o seu contributo com interesse público e de forma séria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...