terça-feira, 25 de setembro de 2018

Relato de uma Encarregada de Educação



E uma achega de uma Enc. Educação: 
assistentes operacionais "obrigados" a ficar com as crianças porque as mesmas não têm professor ou ele falta e elas não são distribuidas pelas outras turmas, já de si grandes, com 25/26 alunos (e não me venham dizer que no 1º ciclo isso não acontece, que tenho a prova de 8 turmas com esse número já neste ano lectivo, igual aos anteriores).
Ligaram-me para casa para ficar com a criança porque não tem professor.
Ter a dita criança um horário em que as AEC (nas quais não está inscrita) colocadas no meio do horário do Prof. titular. O que se faz aos meninos nesta situação? Ficam no refeitório com uns jogos e uma auxiliar......(sem comentários).
Prof que é colocado, mas não aceita nem deixa de aceitar, a Directora da escola só fica com os meninos de manhã porque o horário dela é só até às 13h e ainda não tem horário novo dado pela sede do Agrupamento - não esquecer que as aulas já começaram desde dia 17/9.
Pais com vouchers trocados a juntar aos problemas da ASE.
Funcionários sem resposta a dar porque......ninguém lhes diz nada e eles nada podem fazer.
Para já é só. Com 2h de almoço no 1º ciclo, no inverno é que vão ser elas ao colocar os miudos na sala de aula, que faz também de sala de ATL (está dividida ao meio, por ela estar na turma mais pequena, a única de toda a escola com 19 alunos) e uma auxiliar. No ano passado correu tão bem que a mesma foi para casa com os bolsos da bata rotos. Esta turma tem situações muito complicadas, mas não é para aqui chamado.


Sem comentários:

Enviar um comentário


Agradeço o seu contributo com interesse público e de forma séria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...