segunda-feira, 24 de julho de 2017

Testemunhos Aflitos de Encarregados de Educação sobre as Matrículas

Não é caso único!!! São dezenas, centenas!!!

Ainda existem centenas de alunos sem colocação! E o MEC não pensa em abrir mais turmas!!! Principalmente no 1.º Ano e Pré-Escolar, os Pais têm de continuar a pagar no privado...

Apesar do imenso esforço de alguns dos agrupamentos de escolas, ninguém está a dar importância à gestão das matrículas! 

Não querem contratar mais professores e auxiliares ?



1.


"Sendo encarregada de Educação da aluna MARIA que concluíu o nono ano de escolaridade, dirigi-me ao agrupamento de escolas de AAAAAA, escola que a aluna frequenta, para solicitar transferência de escola pois a minha filha pretendia ingressar num curso de formação profissional de técnico de XXXXX na escola secundária BBBBBBB.

Preenchi todos os documentos necessários para a transferência e entreguei na secretaria no dia 11 do corrente  mês. Depois desta data contactei diversas vezes a secretaria no sentido de saber se o processo de transferência estava concluído, ao qual me foram informando que não conseguiam completar o processo no portal, pois este encontrava - se bloqueado,mas que o essencial do processo estava feito.... ou seja "os dados mais importantes já estão inseridos" responderam - me.
Hoje dia 24 resolvi ligar para a escola onde a minha filha pretendia estudar no próximo ano lectivo, para perguntar se já tinham alguma informação sobre as turmas, e qual não foi o meu espanto quando me informam que não tinham qualquer pedido de transferência em nome da minha educanda e que já não tinham vaga para o curso pretendido. E o mesmo aconteceu na escola secundária ordem de BBBBBB, a qual ela tinha colocado como segunda opção. 
Contactando novamente a escola secundária de AAAAAA  informaram - me que ainda não tinham conseguido efectuar a transferência pois o portal continuava bloqueado, tendo só conseguido concluir a transferência no final da manhã. 
Dada esta situação que considero da total responsabilidade da escola "ou do referido portal", a minha filha encontrasse impossibilitada de frequentar o curso que pretendia e que já estava metalizada que ia estudar.
Será que posso fazer alguma coisa para resolver esta situação?  Agradecia a vossa ajuda. Ela encontra - se bastante desmotivada com esta situação que não foi de todo da nossa responsabilidade, pois entreguei todos os documentos na secretaria ainda antes da data das matricula (dia 12 de Julho). Sem outro assunto."

2.

"...
Estou a pagar 270 euros no ensino privado e por este andar, vou ter de pagar mais um ano! Encontro-me numa situação de divórcio, sem apoio do outro cônjuge. A situação financeira é complicada, tentei coloco-lo no ensino público, coloquei 5 preferências, no portal, 4 já responderam que não têm paga. A quinta escola, ainda não respondeu, mas já afixou as listas. O que posso fazer ?..."





2 comentários:

  1. Um nao problema.
    Todos os alunos en Portugal tem direito a ensino publico.

    ResponderEliminar
  2. Se houvesse também boa formação e civismo de parte da grande maioria das pessoas e não inventarem moradas e encarregados de educação também ajudava um bocado

    ResponderEliminar


Agradeço o seu contributo com interesse público e de forma séria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...