quinta-feira, 17 de março de 2016

Já circula internamente Tolerância de Ponto para os Não Docentes.

Em alguns locais, o/a chefe tem a iniciativa, noutros a direção declara às claras.
Existem sempre várias formas de compensar os trabalhadores, sem que isso implique aumento do tão afamado défice que alguns tanto se preocupam (pena não demonstrarem essa indignação mas aposentações pornográficas publicadas todos os meses)


5 comentários:

  1. Muito bom 4 dias :)

    Não tive essa sorte :(

    ResponderEliminar
  2. isso foi em 2015. em 2016 terão a mesma sorte?

    ResponderEliminar
  3. Esta torerância nas escolas não tem fundamento legal. Sabemos que se faz, mas faz-se ilegalmente, daí que não vejo necessidade de ser publicitada, e muito menos comparada com outra coisa legal, que são as pensões. Cada profissão tem a pensão ao salário que tinha no ativo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José Bento ,

      Não ter fundamento legal, não é ilegal.
      Se demonstrar qual é artigo que é desrespeitado... a ausência ao trabalho com autorização superior é justificada a dispensa.

      É publicitada porque me apetece. Creio mal clima aí no seu serviço ? Azar.

      Pensões / Reformas ? Publico porque me apetece! Azar.

      Não tenho de concordar com essa afirmação de quem se aufere 10.000 euros de vencimento, terá de receber reformado o mesmo montante...

      Não é hábito responder desta forma, mas hoje... teve azar.

      Boas Visitas.

      Eliminar


Agradeço o seu contributo com interesse público e de forma séria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...