sábado, 31 de dezembro de 2016

Preparação do orçamento para 2018

Missão do IGeFE

"O IGeFE, I.P., tem por missão garantir a programação, a gestão financeira e o planeamento estratégico e operacional do MEC, a gestão previsional fiável ..."

Será que a JPM não alertou ou o IGeFE não quis, exportar os pontos já acumulados pelo SIADAP ? Só assim é que conseguem prever algo... 

(será que o IGeFE têm autorização da CPND https://www.cnpd.pt/ para acesso a estes registos ?!?! hummmm vou perguntar ;) )

Nas instruções não contempla esse e outros dados que o MEC deveria ter conhecimento e não o IGeFE, mas isso é outra história...
Não percebo porque é que o IGeFE deve ter acesso às faltas dos funcionários, quando até ao momento as mesmas iam apenas para o MISI... cheira-me a esturro... mas alguém dirá algo!


Aos colegas que mudaram da JPM para o INOVAR, nesta passagem, só lhes desejo boa sorte para 2017...  tenho pena que a certificação das aplicações não exija a aceitação de ficheiros por migração para ambos softwares. 


"


30-12-2016 - Novas versões do GPV, CONTAB-POCE e CIBE Nesta data foram disponibilizadas novas versões dos programas CONTAB-POCE (v3.2.21), GPV (v5.4.16) e CIBE(v3.1.5). Consulte a opção Atualizações da área de CLIENTES para obter os ficheiros de instalação e informações adicionais. Atenção: Não atualize os programas para as novas versões sem antes consultar o documento que se encontra disponível junto dos ficheiros de instalação.

3. Classificações Económicas e Fontes de Financiamento – Alterações a) A classificação económica “01.02.12” foi objeto de desdobramento, passando a diferenciar por alínea/subalínea os montantes requisitados para as rubricas de “Férias Não Gozadas” e “Compensação por Caducidade de Contrato”. b) As rubricas de “Bolsas de Estudo” e “Outras Pensões” foram desdobradas em pessoal docente e pessoal não docente. c) As Ajudas de Custo (01.02.04) passam a ser requisitadas na requisição de fundos de pessoal, devendo as escolas ter em consideração as orientações que sobre este assunto forem divulgadas pelo IGeFE. d) As verbas que em 2016 eram requisitadas na FF242, em 2017 passam a ser requisitadas na Fonte de Financiamento 243.

6. Atualização da RMMG (Remuneração mínima mensal garantida) Em virtude da RMMG para 2017 ter sido atualizada para € 557,00, a tabela de abonos aplicada ao pessoal não docente foi também objeto de atualização. Imediatamente após a instalação desta nova versão e já no ano de 2017, antes de preparar os vencimentos de janeiro, edite a ficha de pessoal para os Assistentes Operacionais abonados pelos índices 151 ou 160 ou posições remuneratórias 1 ou 2. Selecione na tabela o índice/posição remuneratória já com o valor atualizado (557,00) e GRAVE a ficha.


12. Exportação de dados para o IGeFE Dando cumprimento a orientações emanadas do IGeFE, já divulgadas por esse Instituto através de email a todos os agrupamentos/escolas, a partir de janeiro o processo de exportação de dados passa a ser complementado com todo um conjunto de informação relativa ao cadastro dos trabalhadores, remunerações processadas, assiduidade e tempo de serviço.


Grupo 2 – Pessoal Docente e Não Docente, Assiduidade, Recibos de Vencimento e Tempo de Serviço.


12.2 – Informação exportada Como já acima foi referido, nos ficheiros do grupo 2 é exportada a seguinte informação:  Pessoal docente e não docente – Os dados que constam no ficheiro de pessoal, sendo nas imagens seguintes mencionados os campos que são de preenchimento obrigatório.  Assiduidade – Informação das faltas dos trabalhadores, sendo agrupadas por classe tal como já acontece na exportação para a DGEEC(MISI).  Recibos de vencimento – Todos os dados que resultam do processamento (abonos e descontos), informação esta que é recolhida da opção Consultar/Alterar.  Tempo de serviço – Informação recolhida da opção “Tempo de Serviço” do Ficheiro de Pessoal, sendo agrupada por trabalhador nos mesmos moldes em que são elaboradas as Listas de Antiguidade.


12. Exportação de dados para o IGeFE Dando cumprimento a orientações emanadas do IGeFE, já divulgadas por esse Instituto através de email a todos os agrupamentos/escolas, a partir de janeiro o processo de exportação de dados passa a ser complementado com todo um conjunto de informação relativa ao cadastro dos trabalhadores, remunerações processadas, assiduidade e tempo de serviço.


Grupo 2 – Pessoal Docente e Não Docente, Assiduidade, Recibos de Vencimento e Tempo de Serviço.


12.2 – Informação exportada Como já acima foi referido, nos ficheiros do grupo 2 é exportada a seguinte informação:  Pessoal docente e não docente – Os dados que constam no ficheiro de pessoal, sendo nas imagens seguintes mencionados os campos que são de preenchimento obrigatório.  Assiduidade – Informação das faltas dos trabalhadores, sendo agrupadas por classe tal como já acontece na exportação para a DGEEC(MISI).  Recibos de vencimento – Todos os dados que resultam do processamento (abonos e descontos), informação esta que é recolhida da opção Consultar/Alterar.  Tempo de serviço – Informação recolhida da opção “Tempo de Serviço” do Ficheiro de Pessoal, sendo agrupada por trabalhador nos mesmos moldes em que são elaboradas as Listas de Antiguidade.


Sem comentários:

Enviar um comentário


Agradeço o seu contributo com interesse público e de forma séria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...