sexta-feira, 18 de maio de 2018

MEC poupa milhões, para enterrar em Lisboa - sem qualquer contrapartida para o serviço público! Só para a fotografia...

Provavelmente o seu diretor esteve presente e ainda nada lhe disse... porque provavelmente, irá contar em primeira mão no Conselho de Diretores.



No dia 15 de maio de 2018, o blog do assistente técnico, através do ÓSCAR, esteve presente no evento realizado pelo IGeFE em parceria com o Ministério da Educação e algumas firmas privadas, onde se destaca a ORACLE e a FUJITSU.




Um evento a roçar o megalómano, na antiga FIL (agora conhecida por centro de congressos de Lisboa). Não terá o ministério capacidade de organizar um evento destes num pavilhão qualquer de uma escola do nosso país?! Enfim…

Participaram algumas individualidades do panorama educativo e governativo português, Dra. Maria Manuel Leitão Marques, Ministra da Presidência e da modernização administrativa, Prof. António Mendonça, professor catedrático do ISEG (grande orador, e uma visão estratégica da educação assinalável), Helder Reis, Assessor para os Assuntos Económicos da Casa Civil do Presidente da República (erro de casting, começou logo com um “não entendo nada dos assuntos de educação”) e Luís Viana, Diretor Técnico da UniLEO (percebe de números contabilísticos, de educação zero!) 

Seguidamente foi-nos apresentado o caso “Digital Transformation in Education”, estudo da cidade de Estocolmo na Suécia, palestra de Johanna Engman, bastante esclarecedor (embora por vezes se tornasse difícil entender o inglês). O problema são as diferentes políticas e a comparação por vezes ambígua entre a realidade Sueca e Portuguesa, realidades culturais, económicas e estruturais. 

Terminando esta palestra passou-se a um cofee-break, onde pude constatar a megalomania do evento, ele era cházinho, café, sumos de laranja, maçã, bolinhos de chocolate e afins… 

Depois passou-se a uma Mesa Redonda — A importância da Transformação Digital na Gestão das Organizações, moderada por Marta Atalaya, jornalista/pivot, SIC Notícias, como de esperar muito bem preparada, de onde destaco o docente universitário Mário Caldeira, professor no ISEG e Mário Campolargo, Diretor-Geral Adjunto da Direção-Geral de Informática da Comissão Europeia, via SKYPE de Bruxelas ambos com uma visão da educação e aplicação das novas tecnologias bastante eloquentes. 

Posteriormente deu-se por encerrada a 1ª parte do gestech-edu.pt, com o encerramento a cargo do Ministro da Educação, Dr. Tiago Brandão Rodrigues, com o seu discurso a aludir a um país que certamente conhece muito bem, mas que os mais de 1000 conferencistas desconhecem… 

Almoço – 2º Parte da megalomania gastronómica

- Entrada de sopa gourmet, tapas portuguesas (mini bifanas gourmet), mini hamburguers gourmet com doce de abobora e noz, bola de carne, chamuças, massa tricolor com consumé de galinha do campo, fruta variada, leite creme, bolos vários, sumos vários, água, café. 

Neste momento, deu para ver e rever algumas caras que no dia-a-dia ouvimos por telefone e os lemos. Aqui, identifiquei claramente o vogal do IgEFE, o estimado FARRAJOTA, que com tantos cortes que promove, confirmei “inloco” a sua avareza, na medida do fato (2 números acima) e nos seus sapatos rotos!

Depois do almoço a sala gigante foi dividida em 2… Infelizmente só podia estar numa sala e escolhi a sala ORACLE 14h00 — 14h30 Big Data for Education;
14h30 — 15h00 Escola 360;
15h00 — 15h30 Gestão dos Fundos Europeus;
15h30 — 16h00 ;Governance nas compras Públicas 

Destaco aqui o novo ESCOLA 360º, um novo projecto da DGEEC, se bem implementado poderá vir a poupar MILHARES de € (algo parecido com o E-BIO de alunos), a gestão de fundos europeus por parte do IgEFE (541 milhões €) Leites escolares, projectos copérnicos e afins!!!! 

E para terminar compras públicas! Plataforma renovada e mais user friendly, e foi deixada aqui criticas inerentes à não disponibilização de formação ao pessoal não docente (das poucas vezes que se falou de pessoal não docente)!!

Na outra sala, Sala Fujitsu 14h00 — 14h30 APP Móvel Educação; 14h30 — 15h00 Sistema de Gestão Documental da Educação; 15h00 — 15h30 Transformação digital by (SI)IGeFE 15h30 — 16h00; PredictionME on Education, pena não ter o dom de me desdobrar…

E encerramento com musica do Quarteto de Saxofones do Conservatório de Música de Sintra… 

Os brindes para os conferencistas foram saquinhos, canetas, blocos, agendas, luzes led para portáteis, pens usb personalizadas de 16Gigas… 

Só gostava de saber o custo de tudo isto. Alugar uma sala magistral no centro de congressos de Lisboa não deve ser nada barato, com todo o lettering, catering e as meninas bonitas género hospedeiras a indicarem caminhos e a assistirem os conferencistas não deve ter custado menos de 150.000€ a 200.000€, dinheiro esse que dava tanto jeito para formação de pessoal não docente e para os meninos das nossas escolas. 

Estranho ainda e face à temática as ausências das empresas JPM e INOVAR… 



POSTED BY ÓSCAR 






















Mais Fotos

Sistema de Gestão de fundos comunitários para as escolas













E360









Mesas Redondas







GIFTs








postscript
Mais uma vez temos de pagar boletins itinerários 0,36 cêntimo/km X 600kms, a centenas de diretores... = 216 euros  + outras despesas...

E o mexilhão continua a desconhecer esta realidade, os próximos tempos.

(E o gajo não respondeu quando temos a verba do desporto escolar ? E Pré-Escolar ? ? )


Sem comentários:

Enviar um comentário


Agradeço o seu contributo com interesse público e de forma séria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...